FrancoDroid pela inclusão e pela acessibilidade
Notícias
FrancoDroid pela inclusão e pela acessibilidade

A FrancoDroid, nossa premiada equipe de robótica, terminou 2023 conquistando mais três prêmios. Nos dias 6 e 7 de dezembro, o time conquistou o primeiro Lugar geral (Champions), além de duas categorias da etapa regional da First Lego League, no Sesi Tijuca: Desafio e Desempenho do Robô. Com a performance, nossos alunos estão garantidos na etapa nacional, que acontece de 28 de fevereiro a 2 de março, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília.

Na etapa regional, sob o tema “Masterpiece”, os estudantes enfrentaram o desafio de desenvolver um robô capaz de cumprir missões em uma mesa repleta de objetivos. Além disso, eles precisaram apresentar um projeto de inovação relacionado ao tema, proporcionando não apenas desafios técnicos, mas, também, muita diversão ao evento.

Desta vez, apresentamos o projeto “O som do silêncio: A Inclusão de Alunos Surdos na Educação Musical”.

– O nosso projeto consiste na criação de uma mesa musical inovadora chamada “VIBES”. Ela representa uma solução simples e eficaz que pode abrir portas para a expressão artística e a inclusão de todos, independentemente de suas capacidades auditivas. A mesa musical “VIBES” é uma ideia revolucionária que busca tornar a música acessível a todos. Através desse projeto, estamos contribuindo para um futuro onde a música transcende as barreiras, permitindo que cada indivíduo participe plenamente dessa forma de expressão – explica Rosângela Nezi, professora de Robótica e coordenadora da equipe.

A nossa professora de Robótica também explica sobre o robô que fez tanto sucesso na etapa regional:

– Nós o batizamos carinhosamente de “Beethoven”. Esse robô é a definição da robustez, agilidade e versatilidade necessárias para cumprir as missões propostas, além de permitir a fácil criação e adaptação de anexos. Assim como o compositor homônimo, nosso Beethoven é hábil na criação de “sinfonias robóticas”, destacando-se pela excelência em sua execução.

Rosângela Nezi tem a convicção de que a FrancoDroid, mais uma vez, dá ótimo exemplo:

– Com a combinação do projeto VIBES e do robô Beethoven, buscamos inspirar uma mudança positiva na forma como a sociedade enxerga a inclusão e a acessibilidade na educação musical e na engenharia. Estamos ansiosos para compartilhar nossa jornada e contribuir para um futuro mais inclusivo e inspirador.

prev
next